como criar um website que converte?

como criar um website que converte?

“Um website que converte segue diversas directrizes gráficas, inclui funcionalidades específicas e impacta os seus utilizadores, através da mensagem certa!”

  Continue a sua leitura e saiba o que tem a fazer, para ter um website campeão de vendas 🏆

1. Melhore a sua Home Page

Todos nós quando fazemos pesquisas online, procuramos respostas rápidas e diretas, dessa forma, o seu website também tem que ser assim.

Quando estiver a planear o design do seu website, dê particular atenção à sua “home page”. Deve transmitir clareza e objetividade, evitando informação em excesso.

Na sua home page, seja conciso e deixe a informação mais específica para outras páginas do site, como por exemplo, nos serviços.

Nesta página é extremamente importante seguir uma abordagem simples e intuitiva que não canse os utilizadores e consiga leva-los ao objetivo que pretende, a conversão.

2. Proporcione uma boa experiência ao utilizador

Em média um utilizador quando visita uma página web, espera clicar 3 vezes até encontrar o que procura ou abandona a página. Para que isto não aconteça, a experiência do utilizador num website tem que ser extremamente positiva.

Quanto mais positiva ela for, maior será a interação com a página e consequentemente maiores serão as oportunidades de vender.

Como falado no ponto anterior, toda a estrutura da informação, o design simples e intuitivo, bem como, um desenvolvimento responsivo, isto é, com um formato de tela que se adapte a vários tamanhos e tipos de aparelhos, irão ajudar a que a experiência do utilizador seja simples única, e eficaz.

3. Escreva um bom conteúdo

Dedique tempo à criação do conteúdo do seu website. Crie copies persuasivos, com recurso a gatilhos mentais, capazes de levar o seu utilizador a concretizar determinada acção, valiosa para a sua marca, como por exemplo uma compra ou um pedido de contacto. Clique aqui para saber mais sobre o tema.

4. Atenção à velocidade!

Por norma a velocidade de carregamento de um website tem um impacto enorme nas taxas de conversão.

Um website deve de carregar no máximo, em 3 segundos. Mais de 50% dos utilizadores desistem quando o tempo de espera é superior. 

Para que o seu website carregue rapidamente, deve de ser o mais simples possível. Grandes toneladas de imagens, grandes quantidades de texto, muitos automatismos, excesso de cores e outros elementos desnecessários, vão fazer com que este demore muito tempo a carregar, por isso defina bem a sua estrutura, seja objetivo e contenha apenas material que seja relevante para o seu utilizador.

Se tiver tudo isto que falamos e o seu website continua a demorar a carregar, aconselhamos que avalie o seu serviço de hospedagem, embora por vezes optemos por opções mais baratas, estas podem não ser as mais vantajosas.

(saiba mais sobre o tema neste artigo)

5. Inclua apelos à acção (CTA)

Um call to action, consiste numa chamada de para a ação. São muito comuns em websites, emails ou anúncios, indicando ao utilizador o que deve de ser feito. 

Ao incluir  call to actions nas diversas páginas do seu website, vai conseguir indicar ao seu utilizador o que ele deve fazer e assim atingir o objetivo que pretende. 

Agora que já sabe o que são CTA´s e para que servem, deixamos aqui algumas. dicas que podem ajuda-lo, na hora de criar os seus:

Cor – Use cores que contrastem com as páginas do seu website, assim conseguirá evidenciar o seu botão na hora da chamada de atenção. 

Texto – Utilize informação que dê a conhecer ao utilizador o que irá obter ao clicar no botão. Deve de evitar textos muito genéricos, como “clique aqui” e opte por algo mais especifico.

Localização – Nas diversas páginas do seu website, experimente variar as posições do seu botão, assim irá perceber qual a localização que estimula mais a ação.

6. Insira códigos de acompanhamento

Um código de acompanhamento (“Tracking Code”) é um código, inserido nas diversas páginas do seu website, que tem a finalidade de rastrear o comportamento de cada utilizador dentro da plataforma, ou seja, poderá saber, por exemplo, de onde vêem os utilizadores que convertem no seu site (que lhe enviaram um formulário com um pedido de informações).

Este conhecimento da sua audiência é inestimável e permite-lhe ajustar as suas estratégias, de acordo com as métricas recolhidas.

Permite-lhe ainda criar listagens de criar listagens de remarketing, com as quais poderá impactar os utilizadores que já estiveram no seu website, mas que acabaram por não converter – a probabilidade de conseguir converter um utilizador, com quem já teve um contacto prévio, é muito superior à probabilidade de converter um novo user. Saiba mais sobre remarketing e retargeting neste artigo.

7. Apresente testemunhos

Na hora de pensar se deve ou não introduzir testemunhos, no seu website, opte por introduzir.  Estes têm a finalidade de ajudar na decisão de compra de um futuro cliente, pois fornece provas de que a solução oferecida realmente funciona ou é de qualidade e para além disso, fortalece a mensagem passada.

Ficou convencido? Então agora, que decidiu introduzir os seus testemunhos, tenha atenção à forma como os apresenta. Certifique-se que   estes transmitem clareza e que sejam fáceis de encontrar pelos utilizadores. 

       Está na hora de se tornar num campeão em vendas!

Esperamos que este artigo lhe tenha sido útil. Se está interessado em receber todos os nossos artigos e dicas, não se esqueça de subscrever à nossa newsletter !

Se precisa de ajuda profissional, não hesite em contactar! Estamos ao seu inteiro dispor 😃